Páginas

5 de out de 2010

Livro: Quem tem medo de escuro?



Meu irmão vai mudar. Como ele não sabe reler livros, revolveu deixar os dele aqui em casa. E um dos livros que vieram para cá é o "Quem tem medo de Escuro?" do Sidney Sheldon.

Já tinha lido livros desse autor antes. Sempre suspense e as histórias costumam ser interessantes. O livro estava aqui, consegui um tempinho na faculdade, resolvi lê-lo.

Tenho que admitir, o livro é bom. É uma história de conspiração mundial, com as personagens principais sendo uma modelo com traumas na infância e uma mulher relativamente comum. O vilão é um psicopata apaixonado por uma psicopata. Com esses personagens bem bolados, e história flui fácil. Mas tem algumas coisas estranhas no livro que não me convenceram.

Para começar, em um ponto do livro, o capanga do psicopata (que nada mais é que outro psicopata) fala que não se importa de fazer sexo com defuntas. Ai no final, ele atira com uma bala de xilocaina (isso sequer existe?) para parecer que elas morreram, espera até elas acordarem do analgésico para depois tentar estupra-las. Ainda não entendi porque ele não abusou delas quando estavam inconscientes ou mesmo porque não as matou e depois fez o serviço particular.

Outra coisa, é o controle do tempo proposto pelo livro. Que no posfácio o autor nos faz acreditar que EUA e URSS, ou atualmente a Rússia, já teriam esse controle a muito tempo, e as chuvas ou secas estranhas do mundo são na verdade eles controlando tudo. Teoria da Conspiração é pouco para isso.
De qualquer jeito, a tecnologia envolveria lazers de nanotecnologia que seriam capaz de fazer de reagir oxigênio com hidrogênio, formando ozônio e água. Confesso que ainda estou tentando balancear a equação até agora.
E outra pergunta, como um computador em NY conseguiria lançar raios com nanotecnologia em todo o mundo? Não faz muito sentido..

No meio do livro tem umas histórias que ainda não entendi o porquê. O casamento da irmã do cara de Denver ainda é sem sentindo algum. Não faz a mínima diferença para história... E ainda está colocado bem no meio da história da vida da modelo, que é muito mais interessante...

Ainda tive alguns problemas físicos com o livro, já que ele desmanchou na minha mão. E olha que sou cuidadosa... a Record já teve mais qualidade com seus livros...

Para quem gosta de suspense e teorias da conspiração, é um livro bem interessante.Mas lembre-se de ignorar seus conhecimento de química... (isso porque eu não sei física, que deve ter vários outros problemas nessa área.)

Um comentário:

  1. Não gostei de "O outro lado da meia noite" e esse parece pior ainda ... mas passei aqui só pra perguntar por que tiraste o post do carinha revoltado com os políticos?

    beijos,

    ResponderExcluir