Páginas

6 de abr de 2012

Livro: Presentes da Vida

Esse livro é um continuação. O primeiro livro da micro série é "O Noivo da Minha Melhor Amiga", que recentemente até virou filme. 
Esse primeiro livro conta a história pela visão da Rachel, uma menina que sempre foi a nerd da escola e tem uma amiga que sempre foi acostumada a conseguir tudo o que queria por ser bonita. Elas são amigas desde sempre em parte por serem vizinhas, outra parte por cada uma entender a outra. Bom, nesse primeiro livro temos a impressão de que a Darcy (a amiga popular) meio que 'roubou' o Dex da Rachel.
Explicando melhor, o que aconteceu foi que a Rachel nunca soube demonstrar interesse pelo homem perfeito - que ela mesmo achava perfeito demais para si - e o que aconteceu é que a Darcy não tem esse problema. O que ela quer, ela consegue.
Assim, 7 anos depois, Darcy acabou noiva de Dex e Rachel ainda solteira em seu aniversário de 30 anos.
Agora, depois de tudo isso, a Rachel decide falar que gosta do Dex, e ele conta que sempre gostou dela. Eles acabam tendo um caso, e no final do livro o noivado entre Darcy e Dex é desfeito, e ele fica com a Rachel.
Já não tinha gostado muito desse primeiro livro. Achei errado a Rachel ficar com o Dex no final, até pelos acontecimentos ao longo do livro. Mas quando conversei isso com uma amiga que gosta muito desses livros, ela me falou para ler o "Presentes da Vida" que eu entenderia melhor...
Então li esse segundo livro - que conta como a história continua depois que a Rachel ficou com o Dex e a Darcy acabou grávida do padrinho de casamento - pelo ponto de vista da Darcy.
E no começo do livro a autora de fato descreve a protagonista como uma pessoa que precisa muito mudar. Uma mulher mimada, sem limites, que sempre teve tudo fácil na vida por ser uma mulher bonita. Eu sinceramente não acho que existe alguém no mundo que pensa daquela forma. Mas enfim, quando o noivado acaba e ela se vê grávida de um homem que mal conhece, e esse não é adequado para os seus padrões - acaba ficando sozinha.
Dai decide se mudar para Londres, para morar com um amigo de infância das duas, o Ethan - que do meu ponto de vista, deveria ter ficado com a Rachel no primeiro livro. 
E a Darcy é tão poderosa que mesmo grávida de gêmeos arruma um médico lindo e perfeito que assume ela com as crianças durante toda a gravidez. 
Mas como já disse, ela precisa mudar, e para a mudança ser 'verdadeira' era necessário que ela não dependesse tanto de um homem para sustentá-la. Dai ela termina com o médico perfeito e fica com o Ethan - que no livro anterior fala que preferiria ter ficado com a Rachel na 5ª série, mas como ela não fez nada, acabou ficando com a Darcy mesmo...
Enfim, o livro é uma confusão sem graça nem muito sentido. Às vezes tenho a impressão de que a autora sorteou quem ia ficar com quem, porque de fato não vejo sentido nas escolhas.

Acho que deu pra perceber que não curti muito... Mas serve para passar o tempo... é uma leitura tranquila.

Nenhum comentário:

Postar um comentário