Páginas

1 de mai de 2011

Livro: New York New York

Esse era um daqueles livros que estavam na caixa, já esperando para serem vendidos, doados ou qualquer coisa para descocupar o espaço. Enfim, fui fazer a lista dos livros para tentar vendê-los e resolvi dar uma chance, afinal tem uma capa bonita, e um nome interessante...
É um livro muito melhor do que eu podia esperar.
Para ser bem sincera, é um livro de fofoca fictícia. Se você é fã de Gossip Girl, acredite, vai amar esse livro. Seria mais ou menos a história dos pais ou avós dos personagens da série. Uma família cheia de dinheiro e o mundo á frente... O mundo das revistas nunca me pareceu tão interessante.
E a forma como é organizado o livro também é muito interessante, afinal não há uma personagem principal, não é feito de forma temporal. A história vai do passado, ao presente em pulos. Aos poucos, a coisas vão sendo explicadas, as relações definidas.
Uma das coisas que reparei é que apesar do livro ser de 1986, os grandes nomes ainda são os mesmos. Tem nomes que para nós, mortais do século XXI, são lendas e no livro estão presentes.
Como faço comunicação, achei interessante a parte em que fala das revistas. Como o pai da família fez sua fortuna no mercado editorial saindo do nada. Tem a passagem no livro de como surgiu a primeira revista sobre a televisão... se é verdade não sei, mas que é bem crível é... e pode até ter sido outra pessoa que percebeu, mas acredito que tenha sido da forma descrita no livro.

Uma parte já perto do final, quando dois persongens estão descutindo a parte financeira da revista:
- Não procure aumentar sua circulação. O sucesso mata.
-Compreendo isso. Será que esse é o único negócio do mundo em que o produto custa mais ao fabricante do que custa ao comprador?
-Já ouviu falar de cinema? ou do teatro? Ou o balé, ópera, concertos? Os programas de televisão que não dão certo?
-Então, em essencia, estamos no negócio dos espetáculos?
-Se estamos...

Um livro que super recomendo, ainda mais se você é um estudante de comunicação, ou moda, ou qualquer coisa e queira trabalhar numa revista num futuro próximo. Talvez para quem trabalhe nelas, a verdade não seja tão glamurosa, mas quem sabe?

3 comentários:

  1. Amei o "Esse era um daqueles livros que estavam na caixa, já esperando para serem vendidos, doados ou qualquer coisa para descocupar o espaço."!! Comprei esse livro num sebo por R$1,00! e fiquei boba com o quanto ele é bom e cativante! Me apeguei muito a ele e sim, realmente lembra Gossip Girl com toda a sua fofoca, decadência e emoção, mesmo sendo surpreendentemente de 86. Não sei se você sabe, tem uma minissérie feita para a TV americana, I'll Take Manhattan ! Vou assistir assim que eu terminar de ler o livro.. Me sinto feliz com essa chance que nós demos a esse livro e eu fiquei feliz que você também tenha gostado dele e ainda escrito isso aqui.. Thank you! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não sabia da série não. Mas com essa confusão de lei na internet fica difícil achar links válidos, mas vou procurar pra assistir sim!

      Excluir
  2. Eu vi que tem alguns episódios no YouTube, muito provavelmente sem legendas.. :)

    ResponderExcluir