Páginas

23 de jul de 2012

Livro: Hades

O livro já estava na minha mão antes de eu ler o primeiro. Como me garantiram que esse é melhor, li.
Sim, Hades é a continuação de Halo - é um livro sobre anjos, cuja protagonista é uma fraca dependente do namorado, com o detalhe que ambos tem cerca de 17 anos.
Mas enfim, é verdade que esse segundo é melhor. Afinal, se passa no inferno e todo mundo sabe que o lá em baixo a situação é bem mais divertida.
O que eu gostei mesmo foi o fato de terem arrancado ela do namorado chato, fazendo eles passarem praticamente o livro inteiro separados. Isso meio que obrigou ela a tomar vergonha na cara e perceber que é uma anja e deve fazer alguma coisa. Mas ainda assim ela é bem inocente. Tipo, fora do normal de inocente. Ela está no inferno!! Como ela pode pensar quem alguém lá vai simplesmente ajudá-la? Se bem que ela é de fato ajudada, afinal, fraca como só ela, sozinha não faria nada. Teria ficado na cama chorando o livro inteiro.
Nesse livro o demônio Jake volta a terra apenas o suficiente para sequestrá-la e levá-la a Hades (que é como ele chama o inferno, porque é mais bonitinho. Mas se você conhece um pouco de mitologia, sabe que Hades não é sinônimo de inferno!! Já que não tem jeito, aceitamos a licença poética...)
Ficamos sabendo que Jake é um dos originais, ou seja, foi um dos 9 que caíram com Lúcifer - chamado de pai - ainda não entendi porque. Eles são irmãos! - mas de qualquer jeito, os anjos caídos ganharam como recompensa uma terrinha lá em baixo para fazer o que quiser. No caso, Jake é o príncipe do 3º reino e seus condenados são obrigados a passar a vida em boates (que chato!...). Mas tem as torturas e etc normais das terras quentes.
Percebemos nesse livro que Lúcifer tem um plano para ter sequestrado a anja - em parte ele quer o apocalipse/Armagedom - mas ainda acho que tem alguma coisa a mais ai...
E o que ganha a luta no final? Como sempre o amor da Beth pelo Xavier - porque afinal de contas o amor é tudo, vence tudo e todos.
E sim, Xavier - o HUMANO - desce no inferno para buscar a Beth - UMA ANJA - porque ela não tem a capacidade de subir sozinha.
Mas apesar de todos esses problemas esse livro é bem melhor que o primeiro. Tem um história mais consistente, e deixa até um gancho no final - com Deus interferindo na proposta de casamento do Xavier.
Um gancho bem fraco, é verdade. Mas se eu tiver a oportunidade de ler o próximo livro, farei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário